Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
17 / 04 / 2021

Raça conquistadora

Raça conquistadora

Golo de Rochinha bate CD Santa Clara

 

Aí está o Vitória de regresso aos triunfos, batendo o direto perseguidor para encurtar distâncias para o 5.º classificado e recuperar a folga para aqueles que seguem abaixo. A tão ansiada retoma chegou por fim, após um jogo que exigiu atributos de Conquistador: alma, união e sacrifício.

Não se viu ainda o Vitória altivo e confiante, mas esses são adjetivos que dificilmente poderiam casar com o ciclo de que a equipa vinha e com a exigência do duelo desta 27.ª jornada, com tanto em jogo e já na recta final, a recta de todas as decisões. Por isso foi tão valioso o golo de Rochinha, obtido ainda na fase inicial do encontro e na recarga a um lance individual de Edwards que só o poste negou.

Com as equipas a privilegiarem os equilíbrios, a etapa inaugural não foi vistosa, mas terminou com um resultado que agradava aos Conquistadores e que abria um cenário de vantagem com o qual a equipa não vinha lidando nos últimos jogos caseiros. A equipa de Bino assentou, viu um golo anulado ao adversário já no arranque do segundo tempo, é certo, mas também é verdade que a mais flagrante das ocasiões do jogo pertenceu a Marcus Edwards, que até tirou Marco da baliza, mas errou o alvo quando o 2-0 parecia já uma inevitabilidade.

Assim não aconteceu, o que deixou o resultado em aberto até final, mas sem que o CD Santa Clara tenha criado uma única ocasião de golo. A justiça do triunfo do Vitória não se questiona sequer, mas é um merecido bálsamo coletivo para encerrar um ciclo tão infeliz e no qual a fortuna ficou a dever uns quantos pontos aos conquistadores.

Entrados na fase final da Liga NOS, seguem-se para o Vitória duas deslocações, aos terrenos do campeão FC Porto e do CD Nacional.

Raça conquistadora