Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
04 / 04 / 2021

Mar de intranquilidade

Mar de intranquilidade

Desaire frente ao CD Tondela (1-2)

Não são tranquilos os mares em que o Vitória navega nesta altura da temporada. Essa agitação fez-se sentir em praticamente todo o jogo contra o CD Tondela e refletiu-se no resultado final, ainda que o mesmo possa ser considerado castigador em função das oportunidades que uma e outra equipa tiveram.

Mas é um facto que a sequência vitoriana não deu à equipa qualquer serenidade na abordagem ao jogo, sendo reflexo disso uma 1.ª parte muito aquém do nível exigido, mas que ainda assim fechou com uma igualdade, graças ao excelente golpe de cabeça de Estupiñan, a anular o tento com que o Tondela abrira o marcador, por Mario González.

Previa-se uma etapa complementar dominada pelos Conquistadores e isso verificou-se, ainda que sem a contundência necessária. Imprevisível também era o golo do Tondela, mas ele chegaria numa das raras investidas beirãs e novamente por Mario González.

Um balde de água fria que precipitou o Vitória para a área adversária, mas com as sucessivas oportunidades a perderem-se de forma escandalosa, gorando pelo menos o empate, plenamente justificado pela cadência de ocasiões de golo na recta final.

Mar de intranquilidade