Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
04 / 03 / 2016

“Vamos a Coimbra com a garra que nos caracteriza”

“Vamos a Coimbra com a garra que nos caracteriza”

João Afonso perspectiva encontro com a Académica


Os convocados ainda não foram revelados e o onze surge ainda como uma incógnita, no entanto, a equipa que subir ao relvado do Estádio Cidade de Coimbra será, obrigatoriamente, diferente da última apresentada no palco do Rei. Isto porque Josué foi expulso e não fará parte das opções.

No confronto com o Sporting, que resultou num empate sem golos, João Afonso foi chamado de imediato e cumpriu os vinte minutos finais. O jogador admitiu que estava com muita vontade de jogar e, não sabendo ainda se será o escolhido para a posição, projecta a deslocação a Coimbra com a “ambição e garra” que já caracterizam esta jovem equipa.


Leia as declarações do defesa:

“Vamos a Coimbra com a mesma ambição e garra que nos caracteriza e que não nos pode faltar. Vamos com a ambição de conquistar três pontos num campo sempre difícil. Nos últimos jogos em casa, a Académica tem feito bons resultados, com excepção apenas para este último com o Rio Ave, no entanto, já não perdia em casa há vários jogos e as quatro vitórias que tem no campeonato foram conseguidas em casa. Estudamos muito bem o adversário e temos noção das fragilidades e dos pontos fortes da Académica”

“O facto de o sexto lugar poder tornar-se num lugar europeu é bom para o Vitória e para todas as equipas que estão próximas desses lugares. Temos de ser realistas, pois vai ser uma luta bastante renhida como a tabela o indica. As equipas estão separadas por um, dois pontos e tudo pode acontecer até ao final da época. Estamos numa fase boa sem perder há nove jogos mas não sabemos o que irá acontecer. Não queremos sequer empatar, queremos sempre ganhar e com esse pensamento estaremos sempre mais próximos desses lugares”

“Quem está atrás tem sempre de olhar para cima e tentar chegar a esses lugares europeus. Mas isso acontece com todas as equipas. A Académica, por exemplo, está num lugar de despromoção e quer olhar para cima para sair dessa mesma posição”

“A equipa tem vindo a sofrer muitos golos mas conseguimos manter a baliza a zero no último jogo e queremos que assim continue. Não há uma justificação objectiva para o facto de a equipa se apresentar melhor defensivamente contra os chamados três grandes. E quando sofremos golos a culpa é de todos pois a bola para chegar à baliza teve de passar por toda a equipa”

 

“Vamos a Coimbra com a garra que nos caracteriza”