Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
06 / 02 / 2016

Um ponto no dilúvio de Tondela

Um ponto no dilúvio de Tondela

Vitória e Tondela empatam a uma bola

 

No sexto jogo consecutivo sem perder, o Vitória conseguiu enfrentar o dilúvio de Tondela e regressar a casa com um ponto. O encontro esteve em risco de não se realizar devido ao estado do relvado que condicionou – e muito – a estratégia vitoriana para esta partida.

Ainda assim, a equipa de Sérgio Conceição entrou praticamente a vencer, com Licá a fazer o gosto ao pé logo aos três minutos. Contudo, o Tondela reapareceu mais adaptado ao terreno e chegou ao empate ainda antes da meia hora de jogo, por Nathan Júnior.

A estória da partida não permite uma crónica extensa, uma vez que o futebol praticado não condiz com bonitas análises. De realçar, tal como já o fez Sérgio Conceição, que fora expulso quando pedia calma aos elementos que o acompanhavam no banco, o espirito de entreajuda dos jovens conquistadores que somaram mais um jogo sem perder. 

E se o jogo desta noite não nos leva aos mais belos elogios há algo a destacar na 21ª jornada. Na verdade o destaque é o de sempre, o de todas as jornadas da Liga NOS: os melhores adeptos do mundo. Os vitorianos. Frio. Chuva. Uma bancada sem cobertuda. E lá estavam eles. Cerca de 500 conquistadores que empurravam a equipa sempre que esta parecia cair. 

 

VÍDEOS

DECLARAÇÕES DE SÉRGIO CONCEIÇÃO

Um ponto no dilúvio de Tondela