Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
07 / 11 / 2015

"Paragem é benéfica porque nota-se que é preciso tempo"

Sérgio Conceição comenta derrota frente ao Nacional

Sérgio Conceição comentou a derrota frente ao Nacional e referiu algumas das razoes do desaire caseiro. Num jogo em que a “segunda parte não teve história”, o técnico abordou ainda os benefícios da paragem para uma equipa “que precisa de tempo”.

Leia as declarações do treinador:

“No futebol a agressividade é importante, tanto ofensiva como defensiva. O jogo não foi muito bem jogado de parte a parte, sinceramente. O Nacional veio com o intuito de esperar, com um bloco médio-baixo, sabíamos e precavemo-nos em relação a isso. Faltou algum discernimento naquilo que foi a nossa ligação na construção de jogo. De qualquer das maneiras, até à nossa oferta do golo não tinham chegado à nossa baliza. Depois do golo ficaram numa situação de conforto nessa posição e com jogadores rápidos na frente”
  
“Tivemos duas ocasiões para marcar, não o fizemos. Depois, na segunda parte não há história, tivemos mais duas ou três ocasiões, tentámos de tudo, mas voltamos a não concretizar. O Nacional também conseguiu uma saída rápida, mas não mais do que isso”
  
“O jogo resume-se a mais um erro defensivo e à tal ineficácia ofensiva. A tal agressividade que me falava tem a ver com isso, com a exigência que um jogador tem de ter para ser profissional de futebol. Emocionalmente tem que ser forte, mais às vezes do que na capacidade técnica”
  
“A paragem seria sempre benéfica, porque sente-se e nota-se que é preciso algum tempo, a todos os níveis. A questão emocional, a tal agressividade que tem de se ter em campo também se trabalha. Há coisas a melhorar, mas principalmente a nível defensivo como disse na semana passada. O golo está caro, como se costuma dizer, se sofremos assim e depois não conseguimos marcar torna-se difícil. A base do sucesso é não sofrer golos”
 

"Paragem é benéfica porque nota-se que é preciso tempo"