Próximo Jogo
Vitória
< Voltar atrás
05 / 01 / 2016

“Imagens mostram mas a palavra basta”

“Imagens mostram mas a palavra basta”

Júlio Mendes em conferência de imprensa

O presidente do Vitória Sport Clube abordou, esta terça-feira, em conferência de imprensa, as incidências do último encontro frente ao Benfica. Os lances polémicos, e que prejudicaram o emblema vitoriano, foram vários, além dos insultos do árbitro Carlos Xistra ao treinador Sérgio Conceição já no final da partida.

Momentos que levaram o presidente do Clube, Júlio Mendes, a defender publicamente o técnico vitoriano. As imagens são claras mas nem eram necessárias para o dirigente vitoriano, para quem “a palavra de Sérgio Conceição basta”.

Leia a intervenção de Júlio Mendes:

“O Sérgio é, para mim, um dos melhores treinadores portugueses da actualidade, teve uma vida difícil, conseguiu superar porque tem um carácter especial e uma força enorme e conseguiu ter sucesso na vida pessoal e profissional. Tudo o que faz, faz com enorme paixão e convive mal com o insucesso. Vão continuar a ver o Sérgio a viver o jogo de uma forma apaixonada e não vamos vê-lo a insultar ninguém. Gostamos que ele seja assim e que passe para o grupo de trabalho aquilo que ele é”

“Assisti a um programa com um painel de comentadores e fiquei boquiaberto com algumas declarações, sendo que um comentador dizia que se estava a transformar o Sérgio na vítima e que o Sérgio não é uma pessoa muito recomendável. Estas palavras não devem ser proferidas, isto não é sério e eu não aceito julgamentos de carácter por parte de ninguém, quando claramente se percebe que a miopia clubística impede-os de ver as evidências”

“Este processo está no nosso departamento jurídico, ainda não temos a decisão tomada se vamos avançar com uma participação. Não fazemos julgamentos precipitados e não aceitamos que ninguém o faça. Não passamos mandato a ninguém para defender o nosso clube. Não precisamos que o façam por nós e não contribuímos para agendas de ninguém. O Vitória tem a sua própria agenda, é um clube sério, presidido por gente séria”

“O árbitro não terá tido um dia fácil. Imagino que já deve ter rebobinado o filme uma centena de vezes. Eu não queria estar aqui a sacrificar ninguém, queria dizer que todos nós estamos sujeitos a ter um dia menos bom mas as regras, os regulamentos, as sanções existem e pode abrir-se um processo disciplinar para averiguar aquilo que se passou. Não preciso de ver as imagens. Eu tenho o testemunho das pessoas do Clube, que estavam lá e a palavra deles basta-me. O Sérgio já falou, tem a sua palavra e isso basta-me”
 

 

“Imagens mostram mas a palavra basta”