Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
12 / 03 / 2017

Conquistadores estão na luta!

Conquistadores estão na luta!

Vitória e Estoril empatam a 3 bolas num jogo polémico

O empate a três golos no D. Afonso Henriques teve tanto de espectáculo como de polémica. E se do lado positivo está a actuação dos vitorianos (os de campo e os da bancada) já a performance da equipa de arbitragem esteve longe – muito longe – de ser perfeita.

Uma dupla e injusta expulsão quando o Vitória vencia por 3-2 influenciou, e de que maneira, o desfecho final desta partida em que os Conquistadores tudo fizeram para terminar com uma goleada.

Marcou primeiro o Estoril, por Kléber aos 2 minutos. Uma vantagem desmantelada apenas na etapa complementar quando Rafael Miranda, que regressou ao onze, igualou a partida. Contudo, na rápida resposta, o adversário chegou ao golo por intermédio de Matheus Indio. Uma tremenda injustiça.

A equipa vitoriana não abanou e Marega, que já havia marcado em Alvalade, igualou, no castelo, o encontro com os canarinhos. O maliano que parece estar, uma vez mais, com a veia goleadora apurada viu ainda um colega estrear-se a marcar de rei ao peito. Rafael Martis colocou o Vitória em vantagem e emocionou-se. Uma emoção natural de alguém que parecia encantado com o apoio vindo das bancadas.

Foi então que o árbitro da partida decidiu inverter o rumo desta história. Expulsou, injustamente, Rafael Miranda com duplo amarelo e, de vermelho directo, deu ordem a Tozé para abandonar o terreno de jogo.

Os Conquistadores lutaram para manter a vantagem e Marega esteve perto do quarto golo, no entanto, no último minuto da partida, o Estoril gelava o palco do Rei com o golo do empate.

 

Conquistadores estão na luta!