Próximo Jogo
Futebol
< Voltar atrás
01 / 04 / 2016

“Apuramento europeu é o objectivo”

“Apuramento europeu é o objectivo”


Sérgio Conceição assume luta pelo acesso à Liga Europa

 

Ao longo dos nove jogos sem conhecer o sabor da derrota, Sérgio Conceição foi recusando abordar o objectivo europeu. Na altura, e quando o Vitória recebia elogios das mais variadas formas, o técnico vitoriano não embandeirava em arco o trabalho que estava a ser desenvolvido junto do jovem grupo de trabalho. Mas, hoje, após três derrotas consecutivas, e que levam os mais críticos a lembrar constantemente os sete jogos sem ganhar, o ‘mister’ assumiu o foco do grupo: chegar ao sexto lugar.
 
Em conferência de imprensa de antevisão ao Boavista, Sérgio Conceição afirmou que o apuramento europeu não é uma utopia. Mas para isso, será importante inverter os maus resultados. A próxima final é já este sábado, frente ao Boavista, uma “equipa com qualidade e que sabe aquilo que faz, principalmente fora de casa”.


Leia as declarações do treinador:

“O apuramento europeu não é uma utopia, nada disso. Assumi esse objectivo de parte da nossa equipa e é por esse objectivo que vamos lutar. Quando estávamos na sequência de jogos sem perder não o disse, mas hoje assumo-o. O Vitória tem o objectivo de chegar, no mínimo, ao sexto lugar. É por isso que vamos lutar e correr atrás”.

“Está tudo muito equilibrado. Vamos jogar com o Rio Ave, depois temos de encontrar o Marítimo, o Estoril e Arouca. É importante sempre pontuar, ganhar é melhor. Em alguns jogos é importante não perder, mas a ambição é sempre conquistar os três pontos”

“O Vitória-Boavista é sempre um jogo intenso, com alguma rivalidade. É normalmente um jogo difícil para as duas equipas, intenso, com o público muito presente. Interessa-nos sair destes resultados e ir atrás do nosso objectivo”.

“Temos de melhorar as bolas paradas, pois nos últimos quatro golos três foram de bola parada. Trabalhamos muito sobre isso. Tive a oportunidade de me irritar mais uma vez no final do jogo com o Nacional, porque fomos superiores. Mas não estou nada preocupado porque tenho gostado do trabalho diário, os jogadores têm tido uma entrega fantástica, como sempre. Temos de passar isso para os jogos, melhorar a concentração e o rigor. Eu, porque sou o líder, assumo a derrota. Os jogadores têm consciência disso”

 

“Apuramento europeu é o objectivo”